quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Depois de hoje, só reprisando...


Ao assistir aos noticiários locais, regionais e nacionais, sinto-me muitas vezes um dos maiores mesquinhos de que se tem notícia. Envergonho-me em muitas ocasiões do que penso e muitas vezes torno público. Puno a mim mesmo por não ser, assim, o amigo, pai e filho exemplar, que na certa muitos esperam de mim. Não, não pensem que não sei que, em proporção a estes, é grande o número dos que  me querem calado. Morto, talvez...
Por que essa sina em reparar, ponderar, ver o que talvez não exista? Confesso que tenho pensado seriamente em procurar uma junta de especialistas em coisas da mente. Mas por que, quase sexagenário, preocupar-me com o que penso e falo, se dizem que na velhice temos a total liberdade da experiência? Por medo! Medo de estar ficando louco. Louco varrido!!!
Ando pelas ruas de aqui perto e estão todas floridas, as ruas com asfalto de tapete e bem varridas. Ouço no velho rádio ainda abastecido por válvulas a voz dos meus dirigentes falando da minha cidade que não para de crescer e progredir. Tive o trabalho de compilar frases de cada um dos secretários, pasta por pasta, e pude concluir que vivo numa cidade ímpar. Todos os probleminhas que são apontados são dados como pontuais e que serão resolvidos já-já... Que mania é esta a minha de sempre tentar ver chifre em cabeça de porco?
Por que me mantenho num partido de oposição se vivo numa cidade onde tudo flui da melhor forma? Onde os investimentos caminham pari passo com as necessidades de toda gente...Onde, ao que tudo indica, tem um bando de meia dúzia de revoltados ou invejosos, querendo denegrir o que de bom tem sido feito aqui. Olho agora para a Beira-Valão e retiro as críticas que um dia fiz. Ali havia uma placa que dava publicidade ao valor da obra. Isto não é transparência? O sambódromo, a mesma coisa. Quem imaginaria que Campos pudesse um dia ostentar o maior palco fixo da América Latina? Isto não é motivo de sobra para eu ser orgulhoso?
Lembro-me de que me sinto tão ou mais orgulhoso do que quando aqui se instalou o Mc. Donald e o prefeito da época bradava que, naquele momento, aquela chegada era um marco de desenvolvimento e progresso para a Formosa e Intrépida.Quero e preciso me tratar! O porquê? Repito: tenho visto fantasmas num paraíso. 
Volto aos noticiários lá do começo do meu papo: Cidade tal tem prefeito afastado. Gangue é desmantelada acolá. Mais um ministro é afastado por suspeita de envolvimento em desvio e favorecimento. Ficou claro o superfaturamento em remédios e na merenda escolar no norte do país. Empresas pagam propinas dentro do estabelecido no mercado... e, graças ao tom sério com que Campos é tratada, nada se fala daqui. Por isso estou assim, pasmo comigo mesmo. Pela capacidade de ser injusto. Estou louco sim,. Afinal, minha cidade sedia todos os órgãos públicos responsáveis pela fiscalização de fraudes e má uso do que é publico - da Câmara dos Vereadores aos vários órgãos do Poder Judiciário, tanto estadual quanto federal - e, se eles respiram o mesmo ar que eu, veem as mesmas coisas, leem os mesmos malucos blogueiros, acatam os números das placas das obras públicas, etc, etc, etc... e o céu está para brigadeiro, o louco sou eu. 

Comentário que vira post:

"Prezado Joca;

Talvez o amigo esteja sofrendo de uma doença denominada "avesso ao rosa", que ocorre em pessoas lúcidas e não comprometidas com o toma-lá-dá-cá, no qual se transformou a Intrépida Trupe. 
É verdade que maquiagens existem por toda a parte na cidade, que fica cada dia mais bonita, isso não se pode negar, mas me lembra aquela obra prima de Nelson Rodrigues, Bonitinha mas Ordinária. Reforma-se a Beira-Valão, e nos livram das lindas árvores (triste adeus), constrói-se o CEPOP, mas a saúde agoniza na maca que fica no corredor dos hospitais, pois não dá para ficar nem na UTI, pois não se tem vagas. 
Asfaltam-se ruas e abrem-se novas vias, mas infra-estrutura real, para a criação de novos postos de trabalho, é carente. Educação, amargamos o pior resultado no Estado do Rio de Janeiro, por conta do IDEB. Conseguir marcar consultas pelo SUS ou fazer exames médicos, nem pensar. Enfim, de que vale tudo isso se o povo continua na mais profunda merda? 
Para que servem postes pintados de lilás, primo do rosa, se isso não resolve o problema da saúde, nem o trânsito engarrafado da cidade? E o custo das obras, é de arrepiar o forever dos mais comportados e educado. Como fica caro construírem Campos! Mas tudo isso na mais perfeita ordem estabelecida e mantida a custas da distribuição de favorece benesses. 
Enfim é rezar para que o TRE obste esse vendaval que vivenciamos. Força e reação Campos! "

Do blog: abração grande Kelly.


4 comentários:

ukelly disse...

Prezado Joca;
Talvez o amigo esteja sofrendo de uma doença denominada "avesso ao rosa", que ocorre em pesoas lúcidas e não comprometidas com o toma-lá-dá-cá, no qual se transformou a Intrépida Trupe. É verdade que maquiagens existem por toda a parte na cidade, que fica cada dia mais bonita, isso não se pode negar, mas me lembra aquela obra prima de Nelson Rodrigues, Bonitinha mas Ordinária. Reforma-se a Beira-Valão, e nos livram das lindas árvores (triste adeus), constrói-se o CEPOP, mas a saúde agoniza na maca que fica no corredor dos hospitais, pois não dá para ficar nem na UTI, pois não se tem vagas. Asfaltam-se ruas e abrem-se novas vias, mas infra-estrutura real, para a criação de novos postos de trabalho, é carente. Educação, amargamos o pior resultado no Estado do Rio de Janeiro, por conta do IDEB. Conseguir marcar consultas pelo SUS ou fazer exames médicos, nem pensar. Enfim, de que vale tudo isso se o povo continua na mais profunda merda? Para que servem postes pintados de lilás, primo do rosa, se isso não resolve o problema da saúde, nem o trânsito engarrafado da cidade? E o custo das obras, é de arrepiar o forever dos mais comportados e educado. Como fica caro construit em Campos! Mas tudo isso na mais perfeita ordem estabelecida e mantida a custas da distribuição de favorese benesses. Enfim é rezar para que o TRE obste esse vendaval que vivenciamos. Força e reação Campos!

Anônimo disse...

JOCA POSTE O FILME NO QUAL O MENINO DA LAPA SE IDENTIFICA E SEGUE A RISCA PARA QUE TODOS O VEJAM QUE É "O grande ditador - Charles Chaplin 1940".

Roberto Manhães disse...

Do blog do Oviedo
caidoemcampos.blogspot.com.br

A outra lista das 'realizações' do governo Rosinha

O bravo Cléber Tinoco tomou-se o trabalho de relacionar o lado 'b' do governo municipal nos últimos 4 anos, através das mátérias publicadas em diferentes blogs, em especial no dele próprio:
clebertinoco.blogspot.com

Quem sabe, talvez algum leitor que conheça algum estagiário amigo de algum assessor que trabalhe para a campanha de algum candidato opositor possa levar toda essa informação ao político, para ser utilizada no debate de hoje a noite..

"Rosinha fez e vai fazer muito mais, confira:


Educação:

http://robertomoraes.blogspot.com.br/2012/08/nota-de-campos-no-ideb-e-mais-baixa.html



Saúde:

http://clebertinoco.blogspot.com.br/2012/03/saude-de-campos-abaixo-da-media.html


http://clebertinoco.blogspot.com.br/2011/09/gastos-com-faxina-dos-predios-publicos.html

Saneamento básico:

http://clebertinoco.blogspot.com.br/2012/08/campos-dos-goytacazes-tem-8-tarifa-mais.html


http://clebertinoco.blogspot.com.br/2012/08/ranking-do-saneamento-basico-das-100.html



CEPOP

http://clebertinoco.blogspot.com.br/2012/03/hospital-maternidade-de-uberlandia-todo.html


http://clebertinoco.blogspot.com.br/2011/09/sabiazinhouberlandia-r-12-milhoes-x.html


Excesso de cargos em comissão:
http://clebertinoco.blogspot.com.br/2011/11/destaques-da-acao-civil-publica-contra.html


http://clebertinoco.blogspot.com.br/2011/11/veja-o-inteiro-teor-da-acao-promovida.html


Terceirizações milionárias:

http://clebertinoco.blogspot.com.br/2009/07/pra-que-serve-campos-luz-pra-que-tanta.html (iluminação pública)


http://clebertinoco.blogspot.com.br/2009/08/terceirizacao-sem-fim.html (projetos e consultorias de engenharia)

http://clebertinoco.blogspot.com.br/2009/08/terceirizacao-sem-fim.html (recepção, portaria e zeladoria)


http://clebertinoco.blogspot.com.br/2010/04/publicados-extratos-de-terceirizacao-de.html (serviço de apoio operacional)

http://clebertinoco.blogspot.com.br/2011/08/recordando-postagens-sobre_31.html ;

http://clebertinoco.blogspot.com.br/2011/08/sintese-da-acao-civil-publica-proposta.html (ambulâncias)

http://dignidadecampos.blogspot.com.br/2009/07/terceirizacao-as-justificativas-e-os.html (merenda escolar)"

Anônimo disse...

Justiça bloqueia bens do casal Garotinho e de mais 17 pessoas
Acusação é de desvio de verba quando Rosinha e o marido foram governadores
VERA ARAÚJO 5/10/12 - 23H21 – O GLOBO

RIO - Com o registro de candidatura à reeleição pendente, a prefeita de Campos dos Goytacazes, Rosinha Garotinho (PR) sofreu novo golpe. A Justiça concedeu liminar bloqueando todos os bens dela, do marido Anthony Garotinho e de mais 17 pessoas acusadas de desviarem R$ 1.061.124,63 dos cofres públicos em favor de campanhas eleitorais do casal. Coube ao Ministério Público Federal (MPF) o pedido de tornar indisponíveis os bens móveis e imóveis dos réus para a garantia da devolução do dinheiro. As verbas teriam sido desviadas quando foram governadores do estado do Rio: Garotinho de 1999 a 2002 e Rosinha nos quatro anos seguintes.

O procurador da República do Ministério Público Federal Edson Abdon Peixoto Filho não quis listar os bens encontrados em nome do casal Garotinho porque o processo está em segredo de Justiça:
— A decisão para o bloqueio dos bens tomou por base todo o levantamento feito pelo Ministério Público Federal. Houve provas suficientes da ilicitude. Foi criado um esquema que se repetia em todo os estado para financiar a campanha de Anthony e Rosinha Garotinho.
Dentre os réus, há funcionários e dirigentes das empresas sem fins lucrativos Fundação Escola Serviço Público do Estado do Rio de Janeiro (Fesp/RJ) e do Instituto Nacional de Aperfeiçoamento da Administração Pública (INAAP). Eles estão envolvidos na contratação irregular, com dispensa de licitação, da Fesp através da CPRM — empresa que presta serviços geológicos —, para o cumprimento de atividade para a qual esta não tinha competência para executar. Por esse motivo, houve a subcontratação de outra empresa, a INAAP pela Fesp, sem que tivesse previsão no contrato originário e novamente com dispensa de licitação. O procedimento foi realizado em janeiro de 2004 para a prestação de serviços necessários à continuidade ou finalização de projetos ,como o sistema de informações sobre contenção de encostas prevenção a inundações no estado.
Financiadoras de campanha
De acordo com a ação de improbidade administrativa proposta pelo MPF, os réus atuaram com o objetivo claro de desviar recursos públicos. Isso fica evidente porque as pessoas jurídicas acusadas no processo judicial aparecem em inúmeras apurações como envolvidas em esquemas de financiamento de campanha eleitoral. Além disso, o MPF questiona o efetivo cumprimento das tarefas contratadas, já que tanto a CPRM, Fesp e INAAP não encaminharam documentação de que executaram os contratos.
Acompanhe a cobertura completa das Eleições no seu celular e tablet. Acesse app.oglobo.com.br/eleicoes


Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/pais/justica-bloqueia-bens-do-casal-garotinho-de-mais-17-pessoas-6305419#ixzz28U4WDR2z

http://oglobo.globo.com/pais/justica-bloqueia-bens-do-casal-garotinho-de-mais-17-pessoas-6305419