segunda-feira, 2 de março de 2009

Falado Portal

Não sejamos ingênuos acerca do Portal da Transparência. Estamos parecendo crianças às quais foram oferecidas balas bem açucaradas para cumprir esta ou aquela tarefa que não queríamos e estamos cobrando do além. Ou mesmo nos fazendo (e não eles) de bobo.É lógico que jamais as informações serão pormenorizadas.
E o pior: se forem, em nada impedirão práticas condenáveis na relação poder/fornecedor.
A Cartilha O Combate à Corrupção nas Prefeituras do Brasil, (Instituto Ethos de Empresas e responsabilidade Social, Amigos Associados de Ribeirão Bonito e Transparência Brasil – Ateliê Editorial/ 2004), no que se refere ao "Compromisso de Candidatos", sugere que, em compromisso público, eles assumam, entre outros:
“Adotar transparência total na administração, fornecendo prontamente todas as informações requeridas pelo cidadão, organizações não governamentais e Ministério Público.

"Fornecer mensalmente a lista de todos os pagamentos feitos, individualmente, pelos órgãos da prefeitura, incluindo verbas de saúde, FUNDEF, mesmo que a origem da verba tenha vinculações com a administração estadual ou federal, com valores, nome dos beneficiários, CNPJ, ou CPF, e a título de quê foi feito o pagamento.

"Não favorecer parentes, amigos e apaniguados em aquisições e licitações de qualquer órgão da prefeitura.

"Permitir a qualquer momento a realização de auditorias solicitadas pelo Ministério Público, Câmara de Vereadores e entidades representativas da sociedade para verificação de contas e documentos".

Estes são tópicos, entre tantos, que pincei de um modelo de documento no qual o candidato se compromete publicamente a certas ações para coibir a corrupção. O que não muda em nada a essência deste ou daquele candidato.

No ditado antigo, “o papel a tudo aceita”. E tudo é posto de acordo com as conveniências. Ora, a prestação de contas de contratação de serviços ou aquisição de produtos não está em bater (zerar) itens ou tabelas. Está no cumprimento da proposta firmada.
É muito mais importante o acompanhamento sistemático das obras, prestação de serviços, etc, etc...A sociedade civil pode cumprir este papel. Basta, através da boa vontade da prefeita, já demonstrada, acordar ações de inspeção aleatórias a este ou aquele investimento público. A feitura de medições quantitativas e qualitativas (aí mora o perigo).

O que está disponível é uma brincadeira. E vai continuar sendo. Sugiro aos nossos amigos pauteiros dos nossos veículos que imprimam o “portal” e promovam uma enquete nas ruas para que se tenha noção do entendimento popular àquelas “coisas” de escamoteagem, digo, contabilidade.As promessas serão cumpridas de acordo com a conveniência. Querendo ou não, aí está o portal.
Querendo ou não a cidade vai ser contemplada com um sambódromo, que aqui querem apelidar de outro nome para sofisticar ou dar pluralidade.
Sejamos honestos. Adia-se o carnaval pelo estado calamitoso de parte dos nossos concidadãos e se anuncia a construção de um sambódromo?!? Isto é prioridade emergencial? Não deveríamos primeiro abastecer a geladeira pra depois pensar em comprar um carro? Campos já tem seus problemas básicos resolvidos para partir para tal investimento? É circo.É behaviorismo puro!!!!!!!!!Lógica pura.
Vamos juntar o útil ao agradável, esperam há anos este negócio (o sambódromo) e é construção civil. O mesmo se dá, ainda bem, com as casas populares.
As ações de pequeno porte certamente terão facilmente toda a decomposição.

O melhor é fingir que o portal está lindo e maravilhosamente cumprindo o seu papel além das expectativas.

Afinal, não tem virgem no salão de festa.

5 comentários:

Rosângela - discípula aprendendo... disse...

Chiiiiiiiii!!!! Que venha Verdade. Integridade e Humildade.

Carraspou, hein?

Vamos ver onde vai dar isto tudo. Pelo menos o carraspana fala as coisas com coerência...
Vamu que vamu...

Rosângela - discípula aprendendo... disse...

Mas , olha... tô analisando...hehehe

Rosângela - discípula aprendendo... disse...

O Vidro não pode estar embassado, não! Tem que ser de Cristal!!!! Tudinho.

Bagre Molhado disse...

Rapaz, pelo que sei você não tem isenção para analisar ou criticar qualquer ato desse governo que esta aí fazendo de tudo para recuperar e reestruturar a prefeitura de Campos, que vocês do governo anterior deixaram literalmente arrombada.
Fale de outra coisa, até de poesias se quiser, mas de administração pública, vocês não podem falar ou criticar nada, pois lhes falta competência.

Joca Muylaert disse...

Olha, meu bom Bagre,

Te agradeço pelo rapaz.Mas não sei se vc é alguém que me julgou pelos nossos contatos. Era jovem realmente.
Dobre a lingua para se dirigir a mim.
A primeira coisa que quero te falar é que me hinro de todos os cargos que ocupei.
A segunda: acerca do "LHE FALTA COMPETÊNCIA" vc me disvirginou.
Olha, senhor, nem sempre o que se pretende numa gestão é o que se pode fazer. Sabe?
Nunca tive e terei isenção, nem pretendo ser apócrifo.
Visite os departamentos que tomei conta e converse com os companeiros.
Agora vou ser mais forte com vc pequeno menino.

Nada sei de administração pública.(Vc sabe?????)cuidado!!!!
Tenho, porém, a certeza de desejar a expansão dos acessos a todos.

Vc está completamente enganado quanto novo governo Gho.,fazendo de tudo para recuperar e reestruturar a prefeitura de Campos".
Nisto ele é mestre (vide o sucesso da palavra de paz).
Só te peço uma coisa:
"que vocês do governo anterior deixaram literalmente arrombada."
deixa de ser mané.
Segura a onda ou se apresente.
Vamos a um chope?