quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

O ARCO E A FLECHA

Do arco que empurra a flecha, quero a força que a dispara.
Da flecha que penetra o alvo, quero a mira que o acerta.
Do alvo que é mirado, quero o que o faz desejado.
Do desejo, que busca o alvo, quero o amor por razão.
Só assim não terei armas.
E, assim, não farei guerras
E assim fará sentido o meu passar por esta Terra.

Sou o arco, sou a flecha.
Sou todo em metades.
Sou as partes que se mesclam nos propósitos e nas vontades.
Sou o arco por primeiro.
Sou a flecha por segundo.
Sou a flecha por primeiro, sou o arco por segundo.
Buscai o melhor de mim, e terás o melhor de mim.
Darei o melhor de mim onde precisar o mundo.

A imensurável capacidade de regeneração do planeta, ainda que leve séculos, resistirá aos maus tratos que os seres humanos lhe impõem.
O que está em jogo é a condição que teremos de sobreviver às mudanças que virão. O aquecimento, mesmo pelos mais céticos, é considerado inevitável; resta saber a capacidade que temos de nos manter vivos num planeta modificado pela nossa própria ação predatória.

Que em 2.010 o planeta possa contar com o melhor de cada um de nós no propósito de mantê-lo habitável para as atuais e futuras gerações!!!
FELIZ NATAL!!!
FELIZ ANO NOVO!!!

Marina Silva

2 comentários:

Marcos Valerio disse...

Em meu bloguinho tem uma nova postagem, creio que vc vai gostar!

Anônimo disse...

Fala Joca,
Muito boa a mensagem da Marina! Acredito na Marina de verdade! Acredito que a Marina terá a capacidade de estabelecer as mudanças e avanços que o governo Lula não fez, mas poderia, e dar continuidade em tudo de bom que o governo Lula está fazendo. Ou seja, ela sim, representa o verdadeiro "pós-Lula", apesar do PSDB privatista, tentar assim se intitular.
Por amor a este Brasil, vou semear este pensamento, pois acredito nesta causa...
Abs e Feliz Natal.
Gabriel